Seg, 29 de Maio de 2017 15:13    PDF Imprimir E-mail

Vitória de Guimarães perde a final da Taça de Portugal, mas Rafael Miranda ressalta dever cumprido e elogia os adeptos

Fim de temporada com dever cumprido. Esse é o sentimento dos jogadores, comissão técnica e diretoria do Vitória de Guimarães. Bravamente, eles duelaram neste domingo (28/05) com o Benfica, no Jamor, e acabaram derrotados por 2 a 1, na final da Taça de Portugal.

Mas, mesmo com a derrota, Rafael Miranda e seus comandados foram muito aplaudidos pelos torcedores presentes no estádio. Afinal, o time terminou em 4º lugar no Campeonato Português e conseguiu vaga direta na fase de grupos da Liga Europa 2017/2018, além de ficar em larga vantagem do Braga, seu rival regional. A classificação para a final da Taça de Portugal foi uma vitória e alguns momentos de desatenção acabaram com o sonho do título, mas de nada estragaram a bela campanha da temporada.

Fomos guerreiros do início ao fim, como os nossos adeptos pedem, mas do outro lado estava o Benfica, que é o melhor time de Portugal. Infelizmente não conseguimos. Uma final se decide nos detalhes, mas essa reação dos adeptos após o fim do jogo mostra que eles estão orgulhosos do que fizemos na temporada. E isso me motiva muito: o respeito e o reconhecimento do torcedor. Tenho 32 anos, já passei por muitos clubes na carreira, mas nunca vi nada igual o que essa torcida nos propiciou. Só tenho a agradecer por todo o apoio e dizer que retornaremos na temporada 2017/2018 com o mesmo espírito, inclusive na Liga Europa. Com essa sintonia entre time e torcedor, só temos a crescer”, afirmou Rafael Miranda, que viaja nesta terça-feira (30/05) de férias para o Brasil.